Piraju

Dicas incríveis da Cidade
Previsão do Tempo - dia 21/10
Max: 20 °C
Min: 14 °C
Fonte: Cptec
Previsão do Tempo - dia 22/10
Max: 27 °C
Min: 15 °C
Fonte: Cptec
Previsão do Tempo - dia 23/10
Max: 28 °C
Min: 15 °C
Fonte: Cptec
Previsão do Tempo - dia 24/10
Max: 31 °C
Min: 14 °C
Fonte: Cptec

Sobre a Cidade:

Estância turística

Ver artigo principal: Estância turística

Piraju é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Turística, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Represa no rio Paranapanema

História

Dados concretos apontam a ocupação da cidade em 1859, com a chegada da família Arruda à região, porém historiadores acreditam que município de Piraju teve seu início por vota de 1800, devido à existência de uma estrada utilizada por viajantes para chegar a algumas localidades na região. Devido a esse fato e à fertilidade da terra, alguns colonos foram tomando posse e por ali se estabelecendo.

O local era conhecido como Tijuco Preto, que na língua Tupi-Guarani quer dizer “caminho de entrada“. As terras pertenciam a três famílias da região: Arruda, Faustino e Graciano, e por volta de 1859 foram doadas para a criação do Patrimônio de São Sebastião.

Em 16 de Março de 1871, através do Decreto-Lei Estadual nº 23, foi criada a freguesia “São Sebastião do Tijuco Preto”, pertencendo ao município de São João Batista do Rio Verde (atual Itaporanga), sendo mais tarde elevada a vila com a mesma denominação através da Lei Provincial nº 111, de 25 de abril de 1880. Em 6 de Junho de 1891, recebeu a denominação “Piraju”, que, segundo antigos moradores, foi derivado de “pira-yuba” (peixe amarelo, em guarani), denominação da própria aldeia localizada nas proximidades.

Geografia

Localiza-se a uma latitude 23º11’37” sul e a uma longitude 49º23’02” oeste, estando a uma altitude de 646 metros. Sua população estimada em 2004 era de 28.831 habitantes.

[editar] Demografia

Dados do Censo – 2000

População Total: 27.897

  • Urbana: 24.296
  • Rural: 3.601
  • Homens: 13.669
  • Mulheres: 14.228

Densidade demográfica (hab./km²): 55,22

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 16,70

Expectativa de vida (anos): 70,78

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,34

Taxa de Alfabetização: 90,84%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,791

  • IDH-M Renda: 0,739
  • IDH-M Longevidade: 0,763
  • IDH-M Educação: 0,871

(Fonte: IPEADATA)

[editar] Hidrografia

[editar] Transporte

  • Empresa ônibus
  • Aeroporto (asfaltado)

[editar] Rodovias

Administração

Igreja matriz enfeitada para festas natalinas. Foto de 25 de dezembro de 2006.

Turismo

  • AABB
  • Baia do Judas
  • Cruzeiro
  • Estrada da Biquinha
  • Garganta do Diabo
  • Horto Florestal
  • Igreja Matriz
  • Passeio de Barco
  • Pedrinha
  • Prainha
  • Rotatória do Peixe
  • Campo Comercial Futebol Clube
  • Sabesp

Educação

  • Colégio Castro Alves
  • Colégio Educacional de Piraju
  • Escola Estadual Coronel Nhonho Braga
  • Escola Estadual Moreira Porto
  • Escola Estadual Monica B Garrote
  • Escola Estadual Prefeito Quinzinho Camargo
  • Escola Municipal Yolanda Marinho Lessa
  • Lumen Objetivo
  • E.E. Maria Gonçalves da Mota
  • Escola Estadual Ataliba Leonel

Curiosidades

Projeto da EletrobrásNatal de Luz” que prevê a iluminação de monumentos históricos com lâmpadas natalinas. Piraju participa do projeto enfeitando a igreja matriz com 120.000 microlâmpadas.

  • Foi a primeira cidade a abolir a escravidão,antes da lei da princesa Isabel.
  • Em 1912 foi também a primeira cidade a obter luz elétrica (um ano antes do Rio de Janeiro). Sendo instalada uma usina de força na Fazenda Boa Vista, 15 km a oeste da cidade.
  • Inaugurado em 15 de agosto de 1915 um sistema de bondes elétricos Tramway Eléctrico Municipal de Piraju, que operou até por volta de 1937, sendo fechado após a TEMP ser comprada pela Companhia Luz e Força Santa Cruz – que era controlada pela Corporação Votorantim de Sorocaba. [5]

  1. ? 1,0 1,1 Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. ? Estimativas da população para 1º de julho de 2009 (PDF). Estimativas de População. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (14 de agosto de 2009). Página visitada em 16 de agosto de 2009.
  3. ? Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  4. ? 4,0 4,1 Produto Interno Bruto dos Municípios 2002-2005. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (19 de dezembro de 2007). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. ? Os Bondes de P I R A J U (html). Allen Morrison (4 de março de 2007). Página visitada em 21 de setembro de 2008.